Acesso Restrito

ASCIDASC

Previsão do tempo

Florianópolis
Nublado
23,0º
21,0º
19,0º

Faesc quer mais armazéns em SC

12.07.2012
Faesc quer mais armazéns em SC

A insuficiência de armazéns é um problema crônico que se manifesta a cada nova safra agrícola no território catarinense. A Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc) estima que a atual capacidade estática de armazenagem seja de 4 milhões de toneladas para uma safra de 6,5 milhões de toneladas.

O presidente José Zeferino Pedrozo considera urgente estimular concretamente a ampliação da rede de armazéns através de linhas específicas de crédito para construção, compra de equipamentos e reforma de unidades existentes, além de incentivar a armazenagem na propriedade. A Faesc já reivindicou a abertura de uma linha de crédito através do Pronaf, no Banco do Brasil e pelo sistema troca-troca do Governo do Estado para a edificação de armazéns dotados de silos-secadores em condomínios agrícolas.

Nesse contexto, o novo Plano Nacional de Armazenagem (PNA) em gestação no Ministério da Agricultura precisa contribuir decisivamente para a redução do déficit de armazéns. O presidente da Federação espera que o grupo de trabalho constituído por representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério dos Transportes, entidades do setor e iniciativa privada, formule uma política de ação com urgência.

A questão da armazenagem está prevista no Plano Agrícola e Pecuário 2012/2013 que prevê R$ 18 bilhões de investimento e crédito em condições especiais para a compra de máquinas e equipamentos, para irrigação, estocagem, adequação ambiental da propriedade, estufas, galpões, instalações.

Pedrozo julga positivo o plano agrícola estabelecer diretrizes para uma melhor distribuição geográfica e ampliação do parque de armazenagem para atender o crescimento da produção agrícola nacional. Contempla o estoque relacionado a todas as cadeias produtivas, mas será desenvolvido em duas etapas, sendo a primeira de grãos e fibras e a segunda para os demais produtos, cujas demandas encontram-se em fase de levantamento junto as Câmaras Setoriais.

O Ministério criou foros de interlocução para a identificação de oportunidades de desenvolvimento das cadeias produtivas e definição das ações prioritárias de interesse para o agronegócio brasileiro. Foi implantado um subcomitê para o diagnóstico do sistema e redefinição do setor de armazenagem de grãos e fibras, tendo como referência inicial o cadastro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que deverá estar concluído na segunda quinzena de julho.

O presidente da Faesc considera que é essencial um diagnóstico da situação atual de armazenagem no Brasil com avaliação da capacidade estática, distribuição geográfica, por entidade, localização e proprietário. O Governo Federal estuda a interface do setor de armazenagem com o de transportes, a projeção de demanda futura para definir as ações do Plano Nacional de Armazenagem.

OPERADOR DO MERCADO

O dirigente observa que programa para apoiar a construção de armazéns nas propriedades agropecuárias também foi anunciado pelo Ministério da Agricultura como medida integrante do Plano Safra anterior (2010/2011) para dar mais autonomia aos produtores e pequenos empresários rurais, mas ainda não teve a efetividade desejada.

Para o presidente da Faesc, o programa precisa transformar o produtor rural em um forte operador do mercado para não ficar obrigado a vender no pico da Safra com preços deprimidos: poderá comercializar a produção na entressafra, quando os valores são mais compensatórios.

Pedrozo também considera positivo o estímulo financeiro aos produtores que adotam práticas agronômicas que aumentam a produção e preservam o meio ambiente, empregando a chamada de “agricultura de baixo carbono” (ABC). Essa poderá ser a contribuição do setor ao cumprimento das metas de Copenhague, “a agricultura que preserva e aumenta a produção de alimento”.

Fonte: MARCOS A. BEDIN

Notícias

ver mais notícias
Outubro Rosa
Outubro Rosa
              "O câncer de mama é uma doença causada pela multipli...
03.10.2017  
leia mais
Homologação Final das inscrições para a escolha do Diretor Institucional da Cidasc
Homologação Final das inscrições para a escolha do Diretor Institucional da Cidasc
Arte/ Ascom Cidasc Nesta sexta-feira, 15, a Comissão Eleitoral, designada pela portaria nº 18317 de 05/06/2017, publicado no DOE...
15.09.2017  
leia mais
                       SETEMBRO AMARELO
SETEMBRO AMARELO
Iniciado no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasi...
06.09.2017  
leia mais

Acessos Rápidos

ver todos os acessos
AMC Sociedade de Contadores
CIDASC
Clube Energia
Fernando de Campos Lobo
Prevident
SICOOB
Unimed
Uniodonto